Novidades

Novidades

IMG[Kisafix leva experiência sensorial disruptiva para Fimec 2020]
17 Mar

Kisafix leva experiência sensorial disruptiva para Fimec 2020

Experiência sensorial disruptiva, essa foi a técnica utilizada pela Killing para demonstrar o conceito de sustentabilidade, nos pilares econômico, ambiental, social e cultural, inserido em seus produtos e processos, na Feira Internacional de Couros, Produtos Químicos, Componentes, Máquinas e Equipamentos para Calçados e Curtumes – Fimec 2020. A participação da empresa hamburguense já é tradição na feira e nesta edição a Killing fez do estande da Kisafix, marca líder na América Latina em adesivos para calçados, mais do que um espaço para apresentação de produtos. A experiência ressalta a preocupação da empresa com o tema, que irá imergir os visitantes no conceito com a “Lata Dourada”. A feira aconteceu de 10 a 12 de março, na Fenac, em Novo Hamburgo/RS.

A “Lata Dourada” representa a embalagem do tradicional adesivo para calçados da marca e compõe a estrutura exterior do espaço onde acontecerá a experiência. Entrando nela, os visitantes se deparam com o universo sustentável Kisafix e são convidados a compreendê-lo por meio dos sentidos. A marca, que possui uma linha completa de produtos sustentáveis, busca demonstrar que a atenção à sustentabilidade é considerada não apenas nos produtos Kisafix, mas também nos negócios que a empresa executa no mercado. Um exemplo disso é o Acesso – 3º Desafio Kisafix de Design Calçadista, que traz o conceito como tema principal. Para Guilherme Medaglia, gerente de Marketing da Killing, além colaborar para a compreensão das questões sustentáveis, a ação também reforça o relacionamento com clientes e visitantes. “Quando promovemos algo disruptivo, rompemos a forma natural de interpretação e provocamos novos significados sobre o conceito. Esse é nosso intuito com a ‘Lata Dourada’”, destaca Medaglia.

De acordo com Nathalia Spindler, analista de Marketing da empresa, a ação demonstra o cuidado da Killing com o tema e com o trabalho de conscientização. “Entendemos que esse assunto deve ser tratado com cada vez mais importância dentro das empresas”, completa Nathalia. A Killing também está em processo de certificação no Programa Origem Sustentável, criado pela Abicalçados e Assintecal, que reconhece empresas que incorporam a sustentabilidade em seus processos, produtivos ou administrativos.